QUE BELOS SÃO OS PÉS DO MENSAGEIRO

“…todo meu desejo seria andar missionando pelos lugares e aldeias; este é meu sonho dourado; tenho uma santa vontade e quase invejo os missionários que têm a dita de poderem ir de um povoado a outro pregando o santo Evangelho” (Aut 638).

Em sua caminhada vocacional, Claret se identificou totalmente com as palavras do Apóstolo Paulo quando afirma que a fé vem como fruto do ter ouvido a pregação da Palavra de Cristo (cf. Rm 10,14-17). Assim, quando a obediência o faz assumir outras responsabilidades, sente-se como pássaro engaiolado, porque fisicamente não pode dedicar-se à pregação itinerante de outros tempos.

No entanto, o espírito permanece. E a obediência fiel e criativa às decisões dos superiores fez com que o apostolado de Claret tenha tido um alcance e uma influência que certamente ele nunca havia sonhado. Retido em Madri por ser confessor real, pregou missões e exercícios espirituais em abundância, escreveu folhetos de formação cristã, criou instituições multiplicadoras de evangelizadores.

A lição é importante. Sem renunciar à sua vocação apostólica fundamental, o Padre Claret soube responder com criatividade evangélica às diversas responsabilidades que lhe foram encomendadas. Mudaram suas formas externas, mas manteve sempre a orientação evangélica e evangelizadora, em vida de oração, de pobreza, etc. e aproveitando todos os meios para que o Pai fosse conhecido, amado e servido.

Minha liberdade e realização pessoal não consistem em fazer o que eu gosto, mas em saber discernir, à luz da Palavra, o que Deus me pede em cada etapa da minha existência. Devo valorizar positivamente minha família ou comunidade, minha profissão ou trabalho, e saber tirar destas circunstâncias o maior bem possível a favor da evangelização e da minha própria fidelidade ao Evangelho. Claret assumiu muitos compromissos porque se sentia filho e membro da família eclesial e em todos eles percebeu oportunidades de evangelizar e de configurar-se pessoalmente com Cristo.

Que motivos me levam a decisões importantes na minha vida? Sei valorizar positivamente minhas circunstâncias como oportunidades de crescimento pessoal e de serviço aos demais?

Adicionar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Style switcher RESET
Body styles
Color scheme