PRECISAMOS DE MESTRES

“Não basta (…) ter um confessor a quem manifestar com sinceridade todos os pecados; precisamos também de um mestre que nos ensine o caminho da virtude” (O Colegial ou Seminarista Instruído, t. I. Barcelona 1860, p. 330).

Por experiência própria, o Padre Claret viu a necessidade de ter mestres na vida espiritual e assim o aconselha a seus missionários, aos seminaristas, aos sacerdotes e a todos. Não foi em vão o fato de ter sido noviço jesuíta, portanto, membro de uma instituição religiosa na qual à direção espiritual se dá a máxima importância.

Com efeito, é necessário para nossa vida, como pessoas e como cristãos, ter um bom guia que nos escute e nos oriente. É um tesouro e um presente de Deus encontrar esta pessoa a quem confiar nossa consciência, certos de que não vamos ser julgados nem recriminados, mas escutados, compreendidos, respeitados e também estimulados e adestrados para avançar e progredir em nossa fidelidade ao Evangelho.

Ninguém pode usar a desculpa de que já é adulto e, portanto, capaz de guiar-se a si mesmo; “ninguém é juiz em causa própria”, diz o ditado. O Padre Claret, sendo já Arcebispo e Confessor real e estando em um alto grau de perfeição evangélica, continua colocando-se humildemente nas mãos de confessores e diretores espirituais. Em suas biografias aparecem sempre os nomes do Pe. Carmelo Sala e Pe. Paládio Currius, dois sacerdotes da sua confiança a quem abre sua consciência como uma criança que não conhece as curvas do caminho e deseja que alguém lhe dê uma mão.

Todos nós precisamos de alguém com quem discutir nossos sentimentos, atitudes e decisões, porque nós, os humanos, temos muita capacidade para enganar-nos a nós mesmos. Pode acontecer também que, ao não partilharmos nossos problemas, sobretudo, os que superam nossa própria vontade, e vão se cristalizando e podem explodir em situações muito negativas, ou se manter a custas de grandes incoerências e conflitos interiores. Por tudo isso, vale a pena ter um bom acompanhante espiritual. Eu tenho? Estou decidido a procurá-lo?

 

Adicionar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Style switcher RESET
Body styles
Color scheme