NÃO NOS VENÇA A FORÇA DO MAL

“Você não pode fazer ideia de quanto trabalha o inferno contra mim: calúnias, as mais atrozes, palavras, obras, ameaças de morte; lança mãos de tudo para ver como me desprestigiar e me assustar; mas, com a ajuda de Deus, não faço caso” (Carta ao Pe. Xifré, 15.1.64, em EC II, p 747)

A vida missionária do Padre Claret é de inspiração bíblica. Seu grande modelo é o mesmo Jesus Cristo que reúne os Apóstolos para fazer uma comunidade com vocação evangelizadora. E se inspira também na palavra, vida e atividades do Apóstolo Paulo. Tanto a Jesus como a Paulo não faltaram dificuldades, oposição à mensagem e inclusive ataques pessoais. Algo semelhante aconteceu ao missionário Claret nas diferentes etapas da sua vida.

Claret denomina “inferno” o conjunto de obstáculos que encontra em sua ação evangelizadora. Mas talvez no modo de situar-se diante deste “inferno” residia uma das melhores oportunidades para evangelizar. Não se anuncia a Boa Nova só com palavras; é fundamental o testemunho de vida pessoal e coletivo. E Claret soube disto desde seus primeiros passos como evangelizador.

Não se luta contra o mal usando suas mesmas armas, mas com a força do bem (cf. Rm 12,21), do perdão e da misericórdia. Não se acaba com os inimigos procurando sua destruição, mas procurando que o amor e a fraternidade sejam mais fortes que o ódio. E não usando uma linguagem ou um estilo de vida agressivo, mas com o estilo de Jesus, que “expõe” e “propõe” com firmeza e mansidão ao mesmo tempo.

Claret diz que consegue vencer o mal “com a ajuda de Deus”. Este é o caminho adequado. Recebemos a vocação de viver como filhos e filhas do nosso Pai celestial, que faz sair o sol sobre os maus e sobre os bons e faz chover sua graça e sua bondade sobre justos e injustos (cf. Mt 5,45). E se confiou a nós a tarefa de sermos testemunhas da luz inclusive em momentos em que parece que a obscuridade poderia apagá-la por completo (cf. Jo 3,19).

Qual é minha atitude diante dos obstáculos que me impedem viver segundo minhas convicções de crente? De onde tiro as forças para vencer estas dificuldades?

Adicionar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Style switcher RESET
Body styles
Color scheme