ESTRANHO CALENDÁRIO DE DEUS

“Oh! meu Deus que paciência tão grande Vós tivestes comigo!” (Aut 65).

Dizemos que a paciência é a capacidade de sofrer as adversidades com valor. E é também a capacidade de esperar com perseverança e tranquilidade uma coisa que tarda. Deixe falar seu coração e olhe com sabedoria qual foi sua história até o dia de hoje. Esta é também “historia salutis”, história de salvação. E, com inteligência e sabedoria, contemple e agradeça a capacidade que Deus lhe deu para padecer, suportar e sofrer, sem deixar de manter sua bondade, sua promessa, seu projeto de salvação para a história e o mundo.

A paciência divina significa também sua capacidade de saber esperar em você porque o quer pelo que você é, seu filho, e porque deseja muito aquilo a que você está chamado a ser e a fazer. Mantenha seu olhar de crente fixo na paciência do Pai da parábola da misericórdia que, como sabe, cada dia, à porta da casa, olhava de longe em direção do caminho, esperando pela chegada do filho pródigo. Sua paciência tem sabor de amor eterno e o brilho de amor fiel porque, aconteça o que acontecer, continuará apostando fielmente em você, porque, embora seu pai e sua mãe se esqueçam de você, continua sendo gravado na palma da mão de Deus e o leva na menina dos olhos. O poeta exclamou à sua maneira, sempre bela e verdadeira, quando escreveu “que tenho eu que minha amizade procuras / que interesse te persegue, meu Jesus / pois, à minha porta, coberto de orvalho, passas as noites do inverno no escuro?”.

Apesar das entranhas duras e dos estranhos desvios, seu amor paciente continua sempre crescendo à porta da sua vida. E continuará esperando, paciente, à porta da sua casa, chamando, até que você o escute e lhe abra e o faça sentar à sua mesa e partilhe com ele o pão e o vinho. Diz um refrão que a paciência é a árvore de raiz amarga, mas de frutos muito doces. De tal modo que, para Deus, a paciência e o tempo fizeram e fazem mais que a força e a violência. Você se conserva inteiro, forte e paciente em meio às dificuldades, aos problemas?

 

Adicionar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Style switcher RESET
Body styles
Color scheme