CLARET, APÓSTOLO DE MADRI

“Eu continuarei exercendo meu ministério, confessando Sua Majestade e dando aulas de religião à Sua Alteza; já fiz meus exercícios espirituais na casa dos Vicentinos, e desde então vou pregando nos conventos e instituições; começamos com as conferências ao clero e cada vez mais vai aumentando o número de sacerdotes; no mês que vem começaremos os exercícios espirituais ao clero; também darei exercícios aos leigos” (Carta a D. Dionísio González, 8.8.57, em EC I, p. 1386s);3

A vida, através de muitas experiências, é uma caminhada. Quando descobri minha “vocação” pessoal, aquilo que tenho que fazer, porque senão fica sem fazer, toca a mim continuar olhando para a frente. Deus indica um caminho para cada pessoa. Ressoam dentro de nós aquelas palavras do poeta León Felipe: “Ninguém foi ontem, nem vai hoje, / nem irá amanhã para Deus / por este mesmo caminho / pelo qual vou eu. / Para cada homem destina / um raio novo de luz o sol / e um caminho único Deus”.

Muito importante na vida é fazer sempre o que se deve fazer. Não é fácil, mas é o único modo de encontrar a paz; o trabalho bem feito e no tempo certo é uma boa ascese, que também é gratificante. No fazer vamos desenvolvendo nossas potencialidades; quando fazemos coisas, nós nos fazemos a nós mesmo. A pessoa humana nunca está inteiramente feita, nunca está acabada; somos um projeto em desenvolvimento, a caminho da realização do sonho de Deus sobre nós. Na ação vamos sendo e desde o ser nós vamos fazendo-nos. Existe uma interação.

Claret, em meio aos seus muitos afazeres, soube encontrar tempo para tudo, para seus deveres cívicos, para orar e encontrar-se com o Senhor, para evangelizar, para ajudar aos demais, para partilhar em fraternidade.

Que estou fazendo eu com minha vida? Vivo-a profundamente ou outros a vivem por mim? Procuro no profundo do meu ser o que dá sentido ao meu viver? Deus nos tem presenteado a vida para que sejamos felizes e a felicidade tem muito a ver com a abertura a Ele, com o uso dos talentos que Ele nos tem dado, com o colocar a serviço dos demais nossas qualidades, nosso tempo, tudo o que temos e o que somos.

Adicionar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Style switcher RESET
Body styles
Color scheme