APRESENTAÇÃO DE “CLARET CONTIGO”

Hoje despomos de muitas palavras no supermercado da comunicação humana. Às fontes tradicionais (orais, escritas e audiovisuais) se une o fenômeno recente das redes sociais, que multiplicaram grandemente a capacidade de emitir e receber mensagens.

Neste contexto de saturação verbal, que podem trazer de novo as palavras escritas por um homem do século XIX? Antônio Maria Claret não foi nem cientista, nem literário, nem sequer se distinguiu por suas elucubrações filosóficas ou teológicas. Nestes campos não pode ser comparado com autores do seu tempo como John Newman (1801-1890), Victor Hugo (1802-1885), Ludwig Feuerbach (1804-1872), Charles Darwin (1809-1882), ou o mais jovem Jacint Verdaguer  (1845-1902).

Claret (1807-1870) foi um santo evangelizador. “Nascido para evangelizar” foi o lema com o qual comemoramos o bicentenário do seu nascimento. O que justifica esta oferta de palavras suas para cada dia do ano não é a sua originalidade, seu brilho ou profundidade moral. O mais importante, coisa que não se dá com frequência em escritores de renome, é a coerência entre palavra e vida. As palavras que Claret escreve, tomadas muitas vezes de fontes diversas, quase sempre refletem o que ele mesmo vive. Por isso, transmitem autenticidade e possuem uma grande força inspiradora.

O título deste livro é breve e cordial: “Claret contigo”. Para cada dia do ano é oferecido um texto extraído de alguma das numerosas obras de Claret, acompanhado por um breve comentário feito por Missionários Claretianos de todo o mundo. Desta maneira, o texto original, escrito há mais de 150 anos, se atualiza. É como se Claret mesmo se pusesse a caminhar com o leitor sem incomodá-lo com uma grande dissertação, sugerindo-lhe apenas um pensamento que pode ajudá-lo a viver melhor.

Agradeço o trabalho realizado pelos autores dos comentários e pela equipe do Centro de Espiritualidade Claretiana (CESC) de Vic, que selecionou os textos de Claret e se encarregou de preparar a edição. Espero que o livro seja proveitoso para quem incorporar sua leitura aos hábitos cotidianos.

 

Gonzalo Fernández Sanz, CMF

Prefeito Geral de Espiritualidade

Adicionar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Style switcher RESET
Body styles
Color scheme