ANÚNCIO INCANSÁVEL DA PALAVRA

“A pregação da divina Palavra (…) não deve ser descuidada nunca, sobretudo, nos dias festivos; especialmente no Advento e na Quaresma, a divina Palavra deve ser anunciada com maior força e energia” (L’egoismo vinto. Roma 1869, p. 77, reproduzido em castelhano em EE p. 429).

Claret comentava em sua autobiografia: “A palavra divina tirou do nada todas as coisas. A palavra divina de Jesus Cristo restaurou todas as coisas. Jesus Cristo disse aos Apóstolos: Euntes in mundum universum, praedicate evangelium omni creaturae. (ide pelo mundo afora e pregai o Evangelho a toda criatura). São Paulo disse a seu discípulo Timóteo: Praedica Verbum (prega a Palavra). A sociedade não perece por outra coisa senão porque retirou da igreja sua palavra, que é palavra de vida, palavra de Deus. A sociedade está desfalecida e faminta desde que não recebe o pão cotidiano da palavra de Deus. Todo propósito de salvação será estéril se não se restaurar em toda sua plenitude a grande palavra católica”. (Aut 450).

O Filho de Deus se fez homem não só para assumir um corpo, mas para assumir a palavra humana e poder comunicá-la aos ouvidos dos homens. Havia muitos ouvidos esperando, mas faltava a Palavra.

Hoje existe grande quantidade de palavras, mas pouca comunicação. Vagam pelo mundo milhões de “solos”. Claret se propôs: “que Deus fosse conhecido, amado e servido por todos” (Aut 202). Sem o conhecimento de Deus não há possibilidade de entrar em diálogo com Ele e muito menos de entregar-se a Ele como um filho ao pai. A palavra é o primeiro passo. Claret sabia que sua palavra não podia comparar-se com a Palavra do Senhor, que “falava com autoridade” (Mt 7, 28), por isso fazia de tudo para que o povo se aproximasse das palavras do Senhor, através da leitura e do conhecimento dos Evangelhos, especialmente do de Mateus. E não fazia distinção na hora de selecionar o auditório: “O Senhor me revelou que não só tinha que pregar aos pecadores, mas também o povo simples dos campos e aldeias eu devia catequizar, pregar, etc. etc.” (Aut 118).

Adicionar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Style switcher RESET
Body styles
Color scheme